Prefeitura Mucuri 970x250
Chicoteado: Vereador que assassinou prefeito é preso e alega legítima defesa

O vereador Marcos Alves de Lima, de 56 anos, foi preso horas após o crime e confessou que assassinou o prefeito do município mineiro de Naque, Hélio Pinto de Carvalho, 55, a tiros. Segundo o acusado ele agiu em legítima defesa.

Quando chegava à Delegacia da Polícia Civil (DEPOL) de Naque-MG., neste último sábado (13), Marcos Alves, que também é empresário, concedeu entrevista e disse que antes de cometer o crime foi retirado de cima de um cavalo pelo prefeito Hélio Pinto, de quem ele sempre foi opositor político e surrado por uma taca (chibata) que ele tomara de suas mãos.

A confusão teria começado após uma desavença entre o vereador e o prefeito acerca de uma entrada feita por Marcos Alves, que daria acesso a um loteamento que ele estaria construindo. “Ele me tirou de cima do cavalo e começou a me chicotear. Como pensei que ele poderia me matar, pois ele [prefeito] era valente, saquei a arma e fiz essa besteira”, falou. “Mas foi em legítima defesa”, completou. (Por Ronildo Brito)

Log in or Sign up