Caravelas é um dos primeiros municípios baianos a implantar o programa Saúde na Hora

Por Athylla Borborema

O município de Caravelas deu um importante passo na melhoria da assistência aos usuários da atenção básica em saúde com ampliação do “Saúde na Hora”, programa do Ministério da Saúde, que oferece um horário de funcionamento estendido para as unidades de saúde. O programa “Saúde na Hora” começou a funcionar em Caravelas desde o último dia 3 de agosto de 2020, em unidades básicas de saúde da sede, dos distritos e dos povoamentos do município. A Prefeitura de Caravelas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, implantou esta semana o “Saúde na Hora” nas unidades da ESF - Estratégia de Saúde da Família, em Juerana, por exemplo, a unidade passou a realizar atendimentos das 07h às 19h, com 84 horas semanais.

O prefeito Silvio Ramalho (PP) no início da noite desta quinta-feira (06/08), visitou o projeto piloto na ESF 04 – Estratégia Saúde da Família Oscarlina Assis de Oliveira, do distrito de Juerana, a 52 quilômetros da sede. Conforme o prefeito Silvio Ramalho, o projeto implantado tem o intuito de facilitar o acesso da população de Caravelas aos serviços de saúde na Atenção Básica, o projeto prevê que as unidades que aderirem à proposta ampliem seus horários de atendimento para funcionamento entre 60h e 84h semanais, reforçando o compromisso de oferecer aos usuários uma assistência cada vez mais resolutiva e, assim, evitar que casos que podem ser resolvidos na ESF cheguem aos hospitais.

“A ampliação do horário de atendimento nas Unidades de Saúde da Família possibilita à população um melhor planejamento e acesso aos cuidados da sua saúde e de sua família, consequentemente, diminui o fluxo de pessoas nas emergências dos hospitais e dos pronto-atendimentos. O programa nos oferece a tranquilidade de atender o paciente a qualquer hora da manhã, no horário do almoço, a noite ou aos finais de semana. A iniciativa permite o acesso de mais pessoas a consultas e exames de rotina a partir de horários flexíveis de atendimento. Fortalecemos assim, ainda mais, os nossos serviços de saúde na atenção primária, que é a porta de entrada para resolver os principais problemas de saúde da população”, ressalta o prefeito Silvio Ramalho.

Para a jovem moradora de Juerana, Géssica Ursulino, a ampliação do atendimento da unidade do ESF 04 Oscarlina Assis de Oliveira mudou a realidade na saúde pública da localidade. “Antes, muitas pessoas não conseguiam acessar os serviços de saúde da Atenção Primária porque saiam de casa para trabalhar muito cedo e as unidades de saúde ainda não tinha aberto. Na volta do trabalho, as unidades de saúde já estavam fechadas. Então, a única opção era procurar os serviços de urgência e emergência, como UPAs e hospitais em Teixeira de Freitas ou em Caravelas, mesmo para tratar problemas menos graves, o que sobrecarregava a rede hospitalar e causava grandes transtornos neste deslocamento da nossa população local, mas, a ampliação do atendimento com o ‘Saúde na Hora’ nos trouxe uma nova realidade e uma melhor sensação de bem estar”, avaliou a jovem Géssica Ursulino.

Para a jovem dona de casa de Juerana, Jaqueline Gomes Teresa, o cuidado com a saúde pública tem sido prioridade e muitos programas inovadores foram implantados, que tornaram o atendimento de saúde municipal ainda melhor. “É muito gratificante saber que todo o trabalho que está sendo executado em todas as áreas e especialmente na saúde está sendo visto e sentido por cada morador de Juerana e de outros lugares do município. Desde a qualidade da merenda oferecida aos alunos, um remédio que chega em casa, um exame com diagnóstico ágil ou uma cirurgia tão aguardada. Mas o que mais nos satisfaz como munícipe é ver que todo esforço da administração municipal está sendo reconhecido pelos próprios pacientes, pelos próprios moradores, pois o bem estar e a saúde em dia da nossa população estão sendo muito bem cuidados”, ressalta Jaqueline Gomes.

Caravelas é o primeiro município do extremo sul baiano e um dos primeiros municípios do Estado a implantar o programa "Saúde na Hora", lançado pela Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde em maio de 2019 e passou por atualizações com a publicação da Portaria nº 397/GM/MS, de 16 de março de 2020. O programa viabiliza o custeio aos municípios para implantação do horário estendido de funcionamento das unidades de ESF – Estratégia Saúde da Família em todo o território brasileiro. Dessa forma, o programa Saúde na Hora conta com a possibilidade de adesão em vários modelos de formato de funcionamento em horário estendido, desde ESF com 60 horas semanais com Saúde Bucal, ESF com 75 horas semanais com Saúde Bucal e ESF com 84 horas semanais com médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. 

Log in or Sign up