cara970x250
Suspeito de assassinar casal morre ao resistir à abordagem policial em Posto da Mata

Da redação TH

Roberto Carlos Correia Dally, o “Cowboy”, de 40 anos, morreu na tarde desta última segunda-feira, 10 de agosto, durante uma operação conjunta de guarnições da Cipe-Mata Atlântica e da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), para prender o principal suspeito de ter perpetrado o assassinato de um casal, crime ocorrido na madrugada do mesmo dia, no interior de uma residência à rua Zoel Pedrosa Rocha, no bairro Castelo, em Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa.

Os militares dizem que foram informados acerca da presença do acusado numa residência localizada na rua Delfino Campos de Almeida, no bairro Copacabana, no mesmo distrito de Posto da Mata e quando chegaram ao local acompanhados do delegado Marco Antônio Neves, titular de Nova Viçosa, para que fosse realiza a prisão, “Cowboy” tentou fugir pelos fundos, mas como percebeu a existência do cerco policial, retornou para o interior do imóvel e começou a efetuar disparos de arma de fogo.

No revide os policiais dizem que conseguiram acertar o resistente e apesar deles terem prestado socorro ao Hospital Municipal de Posto da Mata (HMPM), ele não resistiu e veio a óbito pouco tempo depois.

Na casa onde o acusado estava foram apreendidos um Volkswagen Gol, de cor verde, placa MQD-2900, licenciado em Pedro Canário-ES., veículo suspeito de ter sido usado em dois homicídios na cidade capixaba, um revólver calibre 38, municiado com seis cartuchos, sendo três deflagrados e três picotados, 2,5 mil pinos vazios para acondicionar drogas, 435 gramas de maconha e cinco cartuchos intactos de calibre 22.

Os crimes

O casal morto a tiros na madrugada deste domingo (10), em Posto da Mata, foi identificado como Flávio Gomes de Oliveira, de 32 anos e Raniele de Jesus Miranda, 20. Raniele era moradora de Itabatã, distrito de Mucuri e deixou uma de apenas 3 meses de vida

Uma hora depois da execução do casal, na rua das Rosas, bairro Jardim Primavera, Nerivan Oliveira Santos, de 25 anos, oriundo de Ibirapuã, foi atacado com pauladas e apesar de ter sido socorrido ao Hospital Municipal de Posto da Mata (HMPM), também veio a óbito.

A polícia não descarta a hipótese de ligação entre os crimes e as investigações continuam em curso pois podem existir outros envolvidos.

Log in or Sign up