Preso acusado de usar a própria casa como “boca de fumo” em Barra de Caravelas; suspeito de fornecer foge

Da redação TH

Dois suspeitos de tráfico de drogas foram presos na quinta-feira, 15 de outubro, por policiais militares de Caravelas. O primeiro foi abordado na rua Eucarlita Simões, na Barra, numa casa que estaria sendo usada como “boca de fumo”.

Em posse da denúncia feita por moradores os policiais foram ao endereço suspeito e quando fizeram a aproximação, visualizaram várias pessoas em frente ao imóvel. Quando avistaram a viatura os suspeitos fugiram a pé.

O proprietário da casa, identificado como Renato da Silva Miranda, foi abordado e estava em posse de uma porção de maconha e na revista no interior do imóvel, foram encontrados dentro de uma ratoeira, outras porções de maconha e pedras de crack. Ao ser indagado sobre o fornecedor, Renato apontou um homem conhecido como “Gil Maconha” e informou o seu endereço.

A guarnição foi rapidamente ao endereço do suposto fornecedor, que conseguiu fugir. No local os policiais detiveram um jovem, que tentou se esconder debaixo de um colchão. Ele estava em posse de duas pedras de crack e duas buchas de maconha.

Os dois acusados e o material apreendido foram apresentados à Delegacia Territorial de Caravelas (DT), ficando à disposição da delegada Rosângela Santos, titular da Polícia Civil no município. A polícia continua mobilizada para tentar prender o suporto fornecedor.

Log in or Sign up