Acusado de matar policial morre durante confronto em Porto Seguro

Com informações Via41

Juliano Santana Leal, o “Carioca”, acusado de ter participação direta no assassinato do Cabo Clodoaldo Mendes Santos Júnior, morreu durante uma ação da Polícia Militar na noite de domingo,  24 de janeiro, por volta das 23h, na zona rural de Porto Seguro.

Segundo a polícia, durante um patrulhamento os policiais avistaram um veículo modelo Corolla, de cor prata, placa NTG2121, com seus ocupantes em atitude suspeita, momento em que houve a aproximação para que fosse realizada a abordagem. Após perseguição e tentativa de fuga frustrada, iniciou-se uma troca de tiros, momento que o condutor do carro Juliano foi baleado e morreu.

Com o acusado os policiais apreenderam uma pistola TAURUS, calibre 380, com dez munições, dois aparelhos celulares e R$ 3.411,00 em espécie. 

De acordo com a polícia, Juliano, além de ser acusado de envolvimento na morte do policial em setembro do ano passado, também era apontado como liderança de uma organização criminosa que atua em diversos crimes na cidade de Porto Seguro e na região.

Log in or Sign up