Prefeitura de Mucuri paga 13º de dezembro e quita R$ 9,4 milhões de salários atrasados da gestão passada

Da redação TH

A Prefeitura Municipal de Mucuri quitou nesta quinta-feira, 10 de junho, o restante dos débitos deixados pelo governo anterior com o funcionalismo municipal de responsabilidade do ex-prefeito José Carlos Simões (PSD). Desta feita o município pagou aos servidores que ficaram sem receber o 13º salário de dezembro de 2020, num total de R$ 888.261,85. O compromisso faz parte de um acordo entre a administração atual do prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa ‘Robertinho’ (DEM) com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindservim) e com os atuais vereadores, entretanto, todos os pagamentos foram realizados pela atual administração antes dos prazos estabelecidos na combinação.

Desde janeiro de 2021 que a atual gestão vem quitando todos os débitos com os servidores públicos de responsabilidade da gestão passada. Pagou um restante de salários atrasados de novembro e o salário do funcionalismo do mês de dezembro de 2020, totalizando R$ 3.111.308,00. Pagou o 13º salário atrasado de outubro (R$ 310.292,00), novembro (305.941,90) e dezembro (888.261,85) de 2020, perfazendo um valor total de R$ 1.504.495,75.

A soma dos salários de novembro e dezembro de 2020 e 13º salários de 2020 totaliza um valor de R$ 4.615.802. Soma-se a este valor o INSS do mesmo período dos servidores de 20% no valor de R$ 923.000,00, perfazendo um valor total bruto de R$ 5.538,802,00. Dentre outros débitos deixados pela gestão passada, o atual Governo Municipal pagou ao INSS, débitos referentes a parcelamentos atrasados e ao não recolhimento do INSS da folha corrente do funcionalismo do ano de 2020, no valor de R$ 3.946.685,00. Totalizando a importância de R$ 9.485,487,00.

“Encerra-se aqui mais um ciclo de um passado que Mucuri não merece viver nunca mais. Fiz o compromisso com o funcionalismo público e cumprimos rigorosamente em dia. Tanto que o pagamento do 13º de dezembro, deveríamos pagar dia 20 de junho, mas antecipamos e pagamos neste dia 10 de junho. É mais uma etapa vencida e mais um problema resolvido deixado pela administração que me antecedeu. Quero ter a tranquilidade de governar Mucuri como um cidadão comum e andar pelo meu município de cabeça erguida. Estamos trabalhando dia e noite e com a certeza que em breve, daremos novamente um sentimento de orgulho aos mucurienses. Estamos vivendo um novo tempo, estamos juntos, construindo uma nova história no município de Mucuri”, celebrou o prefeito Robertinho.

Saiba Ainda

Numa reunião realizada no dia 2 de fevereiro de 2021, entre líderes sindicais e o advogado Luciano Leite Afonso, secretário municipal de Administração de Mucuri, foi feita a proposta que o município pagaria em 20 do mesmo mês, a quantia de R$ 1.657.711,77, de vencimentos aos profissionais da educação referentes ao Fundeb 60 e Fundeb 40. “O Sindservim rejeitou a proposta posteriormente, mas mesmo assim, o prefeito Robertinho resolveu cumpri-la e ainda autorizou o pagamento dos salários de outras pastas”, lembrou o secretário Luciano Afonso.

Ainda de acordo com o secretário Luciano Leite Afonso, além de R$ 1.657.711,77 da educação, foram quitados os salários de dezembro das folhas da Saúde/PSF (R$ 136.660,00; Saúde/Samu (R$ 14.017,00; Assistência Comunitária/Saúde (R$ 115.036,00); Assistência à Saúde (33.163,00); Saúde Nasf (R$ 2.170,00); Saúde/Caps (R$ 33.174,00; Vigilância Epidemiológica (R$ 19.374,00); Ação Social P. Básico variável (R$ 15.337,00); Assistência Social/Creas (R$ 8.758,00) e outras secretarias (R$ 319.495,00).

Log in or Sign up