Governo libera outorga e Rádio Educadora FM será a 5ª emissora de Itamaraju

O Governo Federal através do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Agência Nacional de Telecomunicações publicou hoje (15/05/2019) no Diário Oficial da União por meio do ato nº 2482 de 15 de maio de 2019, a outorga da 5ª emissora de rádio da cidade de Itamaraju para explorar o serviço de radiodifusão comunitária por meio da gestão da Associação Educadora do Movimento de Radiodifusão Comunitária de Itamaraju.

A nova emissora de Itamaraju, a “Rádio Educadora 104,9 FM” é a primeira estação de rádio que o Governo Federal libera na Bahia com sua composição associativa puramente formada por profissionais da comunicação social (jornalistas e radialistas). O processo da Rádio Educadora FM iniciou-se em março de 2012 e em 19 de novembro de 2012, foi dado cumprimento ao seu aviso e ao longo de 7 anos foi dada a execução do processo formado por 33 fases, sendo que houve fase de se ter até 34 etapas a se cumprir. A nova emissora já está com torre montada e seus estúdios de transmissão ficarão do bairro Corujão, em um ponto estratégico devido à sua altura privilegiada.

Conforme o jornalista e radialista Ronildo Brito, que é natural de Itamaraju, esta homologação de outorga é uma grande vitória e de uma importância muito grande. Segundo ele essa nova emissora trará inúmeros benefícios, tanto para a cidade de Itamaraju, como também para toda a região se preparando para ser um veículo de entretenimento cultural, educacional e de informação para todos. “É um momento muito feliz para nós, um grande passo e é com muita seriedade e comprometimento profissional que recebemos a notícia desta homologação. Agora esperamos ansiosos para percorrermos os novos passos necessários para que a emissora seja efetivamente colocada no ar nos próximos dias”, disse Ronildo Brito.

Para o escritor, jornalista e radialista Athylla Borborema, também filho da terra, o momento é de emoção e de reconhecimento de uma luta que valeu a pena. “Nunca poderíamos imaginar que um grupo de radialistas de famílias pobres do interior da Bahia poderia um dia conquistar a gestão de uma emissora de rádio. O momento agora é de agradecer as centenas e centenas de pessoas que contribuíram com o nosso processo ainda em 2012, numa época difícil para se construir um projeto de rádio. Enumerar as amigas e os amigos que estiveram ao nosso lado em favor deste sonho que é de todos, não caberia neste texto, mas agradeço especialmente meus companheiros que tiveram paciência e persistência ao meu lado. Em Brasília devo pontuar meu abraço ao ex-chefe de gabinete da Casa Civil, o baiano Adolpho Loyola; a importância do ex-secretário nacional e deputado estadual Paulo Câmara (PSDB) e do deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB) que nesta reta final foram fundamentais. E um agradecimento especial ao doutor Ezequias Alves, que com a maestria e a competência de sempre foi quem juridicamente cuidou de tudo”, celebrou Borborema.

A primeira emissora de Itamaraju é a Rádio Extremo Sul AM 830 KHZ, inaugurada pelo saudoso Almir Nobre de Almeida em 5 de maio de 1987, no Dia Nacional das Comunicações, em homenagem ao nascimento de Marechal Cândido Rondon (5 de maio de 1865), patrono das Comunicações no Brasil. Em 1988 foi a vez dos irmãos Manoel Pedro e Ronaldo Rodrigues Soares inaugurarem a primeira estação FM da cidade, Rádio Sensasom 99,7 FM. Em 2000, foi a vez de Joselito Ferraz comandar a equipe que inauguraria a primeira rádio comunitária do extremo sul da Bahia, a Rádio Tropical 87,9 FM que iniciou com a marca de Alternativa. No ano de 2006, a família Carletto inaugura a terceira emissora comercial da cidade, a Rádio Terramar 91,3 FM. E somente agora em 15 de maio de 2019, foi a vez do Governo Federal liberar a mais nova outorga e a Rádio Educadora 104,9 FM será a 5ª emissora de Itamaraju. (Da redação TH)

Log in or Sign up