Jato D’água marca despedida do subtenente Jamildo Vilas Boas do Corpo de Bombeiros de Teixeira de Freitas

O bombeiro militar de maior destaque dos últimos 13 anos na região extremo sul da Bahia diante da sua atuação profissional em missões quase impossíveis para salvar vidas de humanos e animais e lecionando para crianças e adultos com ações de prevenção, o subtenente Jamildo Vilas Boas, do 18º GBM – Grupamento do Corpo de Bombeiros Militares de Teixeira de Freitas, se despediu na quinta-feira do último dia 16 de janeiro de 2020, numa cerimônia emocionante realizada no quartel do 18º GBM, onde de joelho e sob um jato d’água, orou a Deus em agradecimento a missão cumprida por 27 anos servindo ao Corpo de Bombeiros do Estado da Bahia.

O subtenente Jamildo Vilas Boas, aos 47 anos, se despediu da corporação em razão da publicação da sua transferência para a reserva remunerada da Polícia Militar do Estado da Bahia. Ele atingiu os 30 anos de serviço em julho de 2019, com tempo agregado do Exército Brasileiro, onde esteve antes de se tornar um bombeiro militar da Bahia e se aposentou com os proventos de 1º tenente. O subtenente Jamildo Vilas Boas foi um dos bombeiros mais reconhecidos da última década na região extremo sul da Bahia em razão dos seus inúmeros projetos desenvolvidos em favor da vida e sempre envolvendo as crianças e, diante dos seus feitos, recebeu inúmeras homenagens de instituições públicas e privadas e também de órgãos comunitários.

Em 2018, o subtenente Jamildo Vilas Boas foi o vencedor do Prêmio Bombeiro Militar Destaque do Ano de 2018, concedido pela Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, a mais importante honraria do gênero na região que homenageia os agentes das forças de segurança com atuação no município. De um menino pobre nascido na Península Itapagipana, em Salvador, ao um homem de grande valor para a mais nobre instituição do seu Estado, o Corpo de Bombeiros. Agora fará da farda e do par de coturnos, troféus essenciais do seu memorial de homenagens, que são inúmeros que recebeu ao longo dos seus 27 anos servindo o Corpo de Bombeiros Militares do Estado da Bahia, que somente em Teixeira de Freitas, foram 13 anos. Além de professor e pastor evangélico, o subtenente Jamildo Vilas Boas ao se despedir do Corpo de Bombeiros, dedicou a Deus todas as conquistas e permissões concedidas a sua vida.

Historiografia

Jamildo Caldas dos Santos Vilas Boas nasceu no seio de uma família muito simples nas Palafitas do bairro da Ribeira, na Península Itapagipana, na cidade baixa, em Salvador, bairro banhado pelas águas da Baía de Todos os Santos e da Enseada dos Tainheiros. É o 4º dos 7 filhos do carpinteiro Manoel e da feirante Antônia. O menino Jamildo cresceu com um sonho na mente e no coração: se tornar um bombeiro para salvar vidas e formar o caráter de muita gente. Em 1991, serviu no Exército Brasileiro na 4ª Companhia de Guarda de Itapuã, em Salvador, onde se aprimorou para seguir uma carreira no militarismo e no final do serviço militar obrigatório foi aprovado no concurso público do Estado da Bahia para soldado bombeiro em 1992, quando ingressou no 1° Grupamento de Busca e Salvamento de Barroquinha, integrando o Pelotão de Guarda Vidas.

No ano de 1997 foi promovido e se graduou como Cabo e serviu por 2 anos na Operação Gêmeos da RONDESP – Rondas Especiais, unidade especializada que abriga policiais de elites da Polícia Militar do Estado da Bahia. No ano 2000, Jamildo Vilas Boas retornou ao Corpo de Bombeiros Militares para integrar ao recém fundado 13º GBM - Grupamento Marítimo do bairro de Amaralina, na zona sul de Salvador, reassumindo a sua função de guarda vidas, atividade que exerceu com perfeição e amor. No ano de 2002 foi promovido à patente de 1º Sargento. No ano de 2007, foi transferido para o já extinto 3° Pelotão de Teixeira de Freitas que pertencia ao 6º GBM de Porto Seguro, atualmente é o 18° GBM. Em 2018, Jamildo Vilas Boas foi promovido a patente de subtenente. Apaixonado pela família, Jamildão como é carinhosamente chamado pelos mais íntimos, é casado com Thais Vilas Boas e é pai de 4 filhos: Henrique, Lucas, Ester e Sara, seus grandes orgulhos e seres responsáveis pela sua alegria de viver e pelos quais escreveu e continuará escrevendo sua historiografia.

Em Teixeira de Freitas o bombeiro Jamildo Vilas Boas atuou e presidiu importantes projetos sociais e interagiu com as comunidades executando projetos essenciais como o “Bombeiro vai à Escola” que em 2012 alcançou o 3° lugar do Prêmio Estadual Servidor Cidadão e a “Escola de Prevenção” que em 8 anos capacitou mais de 6 mil jovens e adultos em primeiros socorros e combate a incêndios básico nas 13 cidades do baixo extremo sul da Bahia. Atuou como professor no Colégio Anísio Teixeira da Policia Militar de Teixeira de Freitas e em vários cursos técnicos aplicados nas cidades da base circunscricional do 18º GBM. Um militar educado, disciplinado, inteligente e dedicado, além de um cristão de muita convicção e com relevantes serviços prestados as congregações evangélicas da região, tanto que tem servido de inspiração para muitas gerações. (Por Athylla Borborema)

Log in or Sign up