Mucuri Carnaval
Ronaldinho e Assis são presos no Paraguai para evitar saída do país

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão e empresário Roberto Assis foram presos na noite desta sexta-feira, 6, no Paraguai, a pedido da Justiça local, como forma de evitar a saída dos dois do país durante as investigações sobre o caso dos documentos falsos carregados pelos ex-jogadores na entrada em território paraguaio.

Os brasileiros foram detidos no hotel onde se hospedavam na capital Assunção em medida preventiva das autoridades locais. A ordem de prisão saiu horas depois de Ronaldinho e Assis seguirem como investigados no caso de falsificação de documentos paraguaios.

Por ordem do juiz de garantias Mirko Valinotti, eles tiveram negados o "critério de oportunidade", que livraria ambos de qualquer processo em troca de colaboração com a Justiça. A prisão foi pedida pelo Ministério Público do Paraguai.

Ronaldinho e Assis foram encaminhados para a sede da força policial conhecida como Agrupación Especializada, em Assunção, enquanto aguardam novidades sobre as investigações do caso. (Informações: Uol)

 

Log in or Sign up