cara 970
MPE opina pela manutenção da inelegibilidade de ‘Marquinho de Jota’ em Jucuruçu

Da redação TH

Neste sábado, 7 de novembro, o Ministério Público Eleitoral (MPE), se manifestou contrário ao pedido de recurso impetrando por Edemark Pinheiro de Almeida Ruas “Marquinho de Jota” (PSD), candidata a prefeito de Jucuruçu.

“Marquinho de Jota” teve seu pedido de candidatura negado pela juíza Andréa Gomes Beraldi, titular da 172ª zona eleitoral, que diante de documentos e depoimentos, reconheceu união estável entre ele e Uberlândia Pereira, atual prefeita do município de Jucuruçu.

Como Uberlândia está no seu segundo mandato, uma possível vitória de “Marquinho de Jota”, segundo a decisão de Beraldi, configuraria o terceiro mandato.

Diante da decisão de primeira instância o candidato “Marquinho de Jota” recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e neste sábado (7) o Ministério Público Eleitoral (MPE), emitiu parecer pela continuidade da inelegibilidade.

Situação semelhante viveu recentemente o oponente de Jota, Arivaldo de Jesus Costa “Lili” (PSDB), que apesar de receber poarecer contrário do MPE, foi considerado apto pelo TRE.

Log in or Sign up