Município de Teixeira de Freitas terá que comprovar dinheiro para salário de dezembro e 13º em 24 horas

Por Ronildo Brito

Através de uma Ação Civil Pública apresentada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Serviço Público do Extremo Sul da Bahia (SINTRASPESB) e da Associação dos Guardas Municipal de Teixeira de Freitas (AGMTF), o juiz plantonista Marcus Aurelius Sampaio acolheu o pedido nesta quarta-feira, 23 de dezembro, que visa assegurar o pagamento dos salários de dezembro e 13º salário aos funcionários públicos municipais.

“Intime o requerido (Município de Teixeira de Freitas, para, no prazo de 24 horas) manifestar-se acerca do pedido de liminar formulado pelo autores, esclarecendo e trazendo suporte probatório que comprovem ou não a provisão financeira para pagamentos da folha remuneratória do mês de dezembro com o 13º salário”, decidiu Aurelius.

Através de publicações nas redes sociais o SINTRASPESB e a AGMTF asseguram que após esse prazo de 24 horas dado ao município de Teixeira de Freitas, o juiz Marcus Aurelius Sampaio decidirá sobre o bloqueio das contas municipais.

A reportagem não encontrou o prefeito Temóteo Brito (PR) para comentar a decisão e se os cofres municipais possuem esses recursos.

Log in or Sign up