Companheira de Paulinho do Roupa Nova briga por herança: ‘Querem que eu vire mendiga’

Isto É

Elaine Soares Bastos, companheira de Paulinho, vocalista do Roupa Nova, entrou na Justiça para solicitar o reconhecimento de união estável com o músico. Paulinho faleceu em dezembri de 2020 com Covid-19.

A psicóloga e advogada afirmou que os filhos do cantor, Twigg de Souza Santos e Pedro Paulo Castor dos Santos, não a incluíram no inventário.

“Soube que eles abriram o inventário logo depois da morte do pai, no dia 16 de dezembro, na 7ª Vara da Comarca da capital, e não me incluíram. Desde o início, queria fazer tudo de forma consensual, não queria, nem quero, briga nem confusão. Vivi durante 16 anos com o Paulinho uma vida marital. Nosso acervo de fotos de viagens já mostra. A vida do Paulinho era eu e ele era a minha vida. Ele era totalmente dependente emocionalmente de mim e eu também dele”, afirmou em entrevista à Quem.

Elaine afirmou que vivia para o músico, por quem era apaixonada. “O Paulinho me chamava de ‘namorada’. Sou dependente dele no IRPF desde 2006 e já dei entrada no INSS para ter direito à pensão. O que estou fazendo é uma regulamentação de união estável, mas os filhos dele estão dificultando porque querem que eu vá para a rua, virar mendiga”, contou.

© 2019 Teixeira Hoje. Todos os direitos reservados