Preso acusado de aplicar golpes em hotéis e pousadas da região

A Polícia Civil do Prado confirmou nesta quarta-feira (27), a prisão de Guilherme Nascimento Cotrim Dias, de 60 anos, acusado de hospedar em hotéis e pousadas da região e deixar os estabelecimentos sem pagar as contas. A polícia informa que o suspeito aplicara golpes semelhantes em Trancoso, Porto Seguro, Itamaraju e por último no Prado, onde foi descoberto e preso.

No Prado a Polícia Civil foi acionada por donos de hotéis e pousadas e numa ação rápida conseguiu prender Guilherme, que hospedou-se na Pousada Canto do Rio, desde o último dia 29 de janeiro e até a manhã desta quarta-feira (27/02), já somava uma dívida de R$ 6,5 mil, entre as estadias e consumo, onde até cervejas de marcas importadas foram solicitadas e consumidas.

Foi possível saber durante as investigações, que em Trancoso o acusado deixou um débito de R$ 2,3 mil em uma pousada, enquanto em Itamaraju o prejuízo de um hotel foi R$ 4.218,00. Numa somatória aproximada desde setembro de 2018, segundo a Polícia Civil do Prado, foi possível levantar um prejuízo de R$ 15 mil, além de outros golpes como roupas lavadas em lavanderias sem que os valores fossem pagos.

Com Guilherme Nascimento Cotrim Dias, de 60 anos, a polícia encontrou envelopes vazios de depósitos do Banco do Brasil e as finalidades desses documentos ainda estão sendo investigadas.

As últimas informações dão conta que Guilherme foi autuado em flagrante pelo crime de Estelionato, com base no artigo 171 do Código Penal Brasileiro (CPB), sendo encaminhado à carceragem da 8ª  Coordenadoria de Polícia Civil em Teixeira de Freitas (Coorpin), onde permanece à disposição da Justiça.

Log in or Sign up