Latrocínio: Casal preso assume que matou morador pra roubar em Itamaraju

A Polícia Civil de Itamaraju prendeu nesta quarta-feira, dia 14 de agosto, horas após o crime, Valdinei Jesus dos Santos, o “Nei” e Eliane de Jesus Oliveira, acusados de assassinar com requintes de crueldade, Benedito Gonçalves Dória, o “Nino”, de 54 anos, crime ocorrido na rua Ibirataia, bairro Liberdade, região leste da cidade. O assassinato praticado com requintes de crueldade aconteceu no interior da casa da vítima.

Assim que começou as investigações, a Polícia Civil descobriu que alguns objetos da casa da vítima tinham sido roubados. As investigações continuaram e no início da noite os agentes identificaram a pessoa de Valdinei, que estava vendendo um rádio pertencente a “Nino”..

Assim que Valdinei foi detido, ele confessou que estava junto com Eliane. Ele relatou que passaram boa parte da noite consumindo bebida alcóolica e quando estavam indo embora perceberam que a casa da vítima, que morava sozinha, estava com o portão aberto e resolveram entrar para roubar.

Ainda segundo depoimento dos acusados à polícia, quando eles entraram na casa encontraram Benedito Gonçalves Dória, o “Nino”, de 54 anos, acordado, que ao perceber a chegada dos dois “beberrões” tentou reagir. Valdinei estava com um pedaço de pau e acertou a cabeça da vítima que caiu. Logo depois os dois assassinaram o morador fazendo o uso de uma faca do tipo peixeira.

Após prestarem depoimento os homicidas foram levados à carceragem da Delegacia Territorial de Itamaraju (DT), onde permanecem à disposição da Justiça. (Da redação TH)

Log in or Sign up