“Renan Costela” e “Rodrigo Farisa” morrem em confronto com a Polícia Militar em Belmonte

Dois homens acusados de assaltos, homicídios, tráfico de drogas e outras ações violentas na zona rural de Belmonte, morreram em confronto com a Polícia Militar no meio da tarde de quinta-feira (06/09), em Barrolândia, distrito de Belmonte.

O fato aconteceu no momento em que policiais militares procuravam seis homens armados que, segundo denúncias, estavam em uma casa localizada na rua dos Artistas.

Assim que chegaram ao local os policiais dizem que foram recebidos a tiros, responderam a agressão e no confronto acabaram atingindo Rodrigo Lemos de Jesus, o “Farisa” e Reinan Santos Silva, o “Costela”. Os dois chegaram a ser socorridos a uma unidade hospitalar do município, mas não resistiram.

Segundo nota da assessoria de comunicação do 8º Batalhão da Polícia Militar de Porto Seguro (BPM), unidade com base de atuação também em Belmonte, os demais integrantes da quadrilha conseguiram fugir do cerco policial. Eles chegaram a ser perseguidos até o Estádio de Barrolândia, onde estariam outros quatro integrantes do bando, mas escaparam.

Os dois suspeitos mortos na ação, ainda segundo a nota do 8º BPM, eram procurados pela polícia por participação no assalto a uma fazenda localizada na entrada do Projeto Unidos em Cristo, crime ocorrido no último dia 27 de agosto. “Reinan Costela” ainda era acusado de cometer homicídios e operar no tráfico de drogas no município de Belmonte, enquanto “Rodrigo Farisa” também era acusado de envolvimento em assaltos e figurava como um dos líderes do tráfico em Barrolândia.

Na casa onde ocorreu o confronto foram encontrados documentos de uma motocicleta e documentos pessoais dos proprietários da propriedade rural assaltada anteriormente. (Por Ronildo Brito)

Log in or Sign up