camaramucuri
Identificado o acusado que morreu em confronto com a polícia de Itamaraju

O confronto entre um suspeito e os policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 43ª Companhia Independente de Itamaraju (CIPM), aconteceu noite deste domingo, dia 3 de novembro, terminou com um acusado morto, outro preso e duas pessoas conduzidas para averiguação.

Informações dão conta que os policiais faziam rondas de rotina no bairro Santo Antônio do Monte, região norte da cidade e quando passavam na rua Floriano Peixoto, avistaram um suspeito numa. Ele ainda tentou fugir, mas foi alcançado e revistado, sendo flagrado um revólver calibre 38 na cintura.

Ao ser indagado, Gildo Renan Martins Sales, de 23 anos, disse que havia comprado a arma de Alessandro da Hora de Jesus, 22 e que o mesmo também estaria armado no interior da residência.

Em posse da informação os militares cercaram o imóvel, onde estavam um casal e uma criança. Questionados os moradores informaram que Alessandro ainda estava na casa e pouco depois o mesmo teria efetuado disparos contra os militares na tentativa de fugir.

No revide o acusado foi atingido e apesar de ter sido socorrido ao Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), acabou não e veio a óbito. O casal foi ouvido e liberado, enquanto Gildo Renan Martins Sales, de 23 anos, que já cumpriu pena de cinco anos, permanece custodiado à disposição da Justiça.

Na ação foram apreendidos 15 munições deflagradas e 9 intactas, um pedaço pequeno de maconha, dois revólveres calibre 38 e uma moto com restrição de roubo. (Da redação TH)

Log in or Sign up