vicosa
Homicida: Índio foragido de Porto Seguro é preso em Teixeira de Freitas

O índio pataxó Moisés Ferreira dos Santos, de 40 anos, oriundo de Porto Seguro, foi preso na tarde desta sexta-feira, dia 20 março, na avenida B, Conjunto Habitacional Castelinho I, região leste de Teixeira de Freitas.

O indígena foi abordado por uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que acabou designada ao local para averiguar se o foragido da Justiça estava residindo no referido conjunto habitacional.

O mandado de prisão em desfavor de Moisés foi expedido pelo juiz André Marcelo Strogenski em 11 de março de 2016 e contra o mesmo pesa a acusação de ter assassinado a própria esposa, Nara Simone da Rosa, de 51 anos de idade na época.

O pedido de prisão foi feito à época pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Porto Seguro e além de ter assassinado a companheira o pataxó é acusado de ter enterrado o seu corpo no quintal da casa onde o casal morava na região de Itaporanga, distrito de Porto Seguro.

Logo após ser localizado e preso, Moisés Ferreira dos Santos, de 40 anos, foi conduzido e apresentado à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde a delegada Andressa Carvalho, de plantão na unidade, deu cumprimento ao mandado de prisão e determinou o recolhimento do mesmo à carceragem, onde permanece à disposição da Justiça de Porto Seguro.

Ao ser questionado o indígena assumiu ter assassinado a própria esposa e disse que a motivação do crime fora a disputa pela liderança da aldeia. “Ela queria tomar o meu lugar de cacique e ainda disse que ia me matar”, disse. (Por Ronildo Brito / Foto: Cloves Neto/LN)

Log in or Sign up