Mucuri
Medeiros Neto: Assassino confesso de travesti não demonstra arrependimento

Marlei Pinto Costa, de 36 anos, que era travesti, foi assassinado a golpes de faca do tipo peixeria na tarde deste domingo, dia 10 de maio, na rua Venezuela, bairro Uldurico Pinto, em Medeiros Neto.

Pouco tempo após o crime uma guarnição da 44ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), realizou diligências e conseguiu prender o suspeito, identificado como Márcio Ferreira de Souza, 39, que confessou o assassinato.

Na sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, durante depoimento ao delegado Bruno Ferrari, responsável pelo plantão regional, Márcio contou que assassinou Marlei com três facadas, após um desentendimento. “Sou trabalhador braçal e sempre ele [Marlei] vinha falando mal de mim e minha família. Peguei a faca e fui até a casa da irmã dele, onde o matei”, relata.

Questionado pela imprensa sobre o possível sentimento de arrependimento o homicida demostrou frieza e apesar de dizer sentir pela família da vítima, relatou que está pronto pra “pagar” pelo crime. O assassino também disse que recebeu uma ameaça de morte por parte da vítima.

As últimas informações dão conta que Márcio Ferreira de Souza, de 39 anos, foi indiciado por homicídio e permanece preso à disposição da Justiça. (Da redação TH / Foto: Lênio Cidreira/LN)

Log in or Sign up