Teixeira970
Alcobaça: Familiares e amigos realizam manifesto e cobram esclarecimento da morte de Leonardo Henrique

Da redação TH

Familiares e amigos do jovem Leonardo Henrique Sande Silva, de 22 anos, morto próximo à comunidade de Canta Galo, distrito de Alcobaça, realizaram um manifesto na manhã deste domingo, 25 de julho, pedindo empenho das autoridades para esclarecimento sobre autoria e motivação do crime.

Leonardo despareceu no último dia 27 de maio quando saiu de Canta Galo para ir ao Tatu Fácil, no interior de Alcobaça, em sua moto Yamaha Fazer 250, de cor preta, placa policial JRY-3755, sendo que o seu corpo foi encontrado numa cova rasa, próximo do local da partida, em 31 de maio, quatro dias após o seu desaparecimento. A motocicleta ainda não foi encontrada.

Patrícia Ribeiro Sande, mãe de Leonardo, diz que seu filho não possuía envolvimento com ilícitos e era um jovem trabalhador, tanto que na época em que desapareceu estava trabalhando na construção de uma quadra de esportes em Canta Galo.

Na época do desaparecimento do rapaz e após cinco dias de buscas os familiares encontraram o corpo enterrado em uma cova rasa com três perfurações provocadas por disparos de arma de fogo na nunca. Leonardo completaria 23 anos nesta segunda-feira (27).

Os manifestantes receberam apoio dos motoristas que trafegavam pela BA-290 e a rodovia chegou ser interditada algumas vezes e liberada para não atrapalhar o tráfego. Familiares e amigos do rapaz morto disseram clamar por justiça e falam em outras manifestações até que haja esclarecimento do crime e punição do (s) culpado (s).

Os manifestantes estavam portando faixas e cartazes. Numa faixa grande eles perguntaram “QUEM MATOU LEO? QUEREMOS JUSTIÇA!

Log in or Sign up