Nova Vicosa 970
Ex-presidiária não resiste a ataque de motoqueiros em Teixeira de Freitas

Maria Elza Gonçalves de Sá, de 39 anos, que já havia cumprido pena por tráfico de drogas no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), foi vítima de disparos de arma de fogo na noite desta quarta-feira, dia 15 de maio, na Rua Santa Luzia, bairro Irmã Dulce, região leste de Teixeira de Freitas.

Testemunhas disseram à polícia que Elza estava em companhia de uma filha em frente à casa onde moravam, quando dois elementos chegaram numa moto e após um deles perguntar se ali vendia-se drogas, os dois sacaram as armas e começaram a atirar. Antes de alvejar a vítima na cabeça e no quadril os criminosos teriam pedido a filha dela para afastar-se, sendo que logo em seguida cometeram o crime e fugiram em alta velocidade.

No local os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas, recolheram um cartucho intacto e três projéteis de calibre 32. De acordo com informações levantadas pela polícia, Maria Elza Gonçalves de Sá, de 39 anos, teria sido morta pelo fato de ter parado de vender entorpecentes no bairro onde residia.

A Polícia Civil abriu inquérito policial para apurar o crime e as investigações seguem a cargo do Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT), serviço especializado da 8ª Coorpin. (Da redação TH)

Log in or Sign up