Prefeitura Mucuri 970x250
ONG Visão Sem Fronteiras realiza mais de 800 atendimentos oftalmológicos em 2 dias em Nova Viçosa

Um mutirão realizado na sede do município de Nova Viçosa atendeu em dois dias de trabalho, (04 e 05/11), cerca de 800 pessoas para exames e encaminhamentos oftalmológicos. A iniciativa é da organização VISÃO SEM FRONTEIRAS que, através da Câmara Municipal de Nova Viçosa, numa mobilização dos vereadores Renato Lopes Lage (PP)e do presidente da Casa, o vereador Anastácio Carvalho (DEM), onde a oferta dos serviços desafogou as filas de espera pelo SUS na sede do município.

Para o presidente da Câmara Municipal, o vereador Anastácio Carvalho, o legislativo tem desenvolvido diversas estratégias para atender cada vez mais e melhor a população de Nova Viçosa. “Aqui na Câmara atualmente temos o recadastramento biométrico com um posto avançado do TRE, ano passado ofertamos uma capacitação para cerca de mil pessoas, de graça aqui na sede e outras mil em Posto da Mata. Com esse mutirão oftalmológico estamos praticamente zerando as filas aqui na sede, ainda esse mês uma ação parecida estará sendo feita em Posto da Mata, não mais pela Câmara, mas o importante é que aconteça”, concluiu o parlamentar.

Cada consulta durou no máximo 20 minutos, a maioria dos pacientes atendidos apresentaram algum problema de visão, uns menos graves outros com complicações bem nítidas, em alguns casos específicos alguns pacientes foram encaminhados para a central de regulação do município para que fossem atendidos com colírios específicos. Para os que precisam de óculos, foi entregue uma receita e eles puderam optar por mandar fazê-los através da própria ONG com condições facilitadas ou em uma ótica da escolha do paciente. Os que necessitam exames ou cirurgias já saíram da consulta com os devidos encaminhamentos.

Para o vereador Renato Lage, o que chamou a atenção foi a quantidade e a faixa etária dos pacientes cadastrados. “Normalmente se tem um padrão de atendimento, adolescentes acima dos 15 e pessoas na casa dos 40, claro, esses dados são de sistematização, mas aqui tivemos desde crianças de colo até idosos com mais de 70 anos, uma preocupação maior, uma vez que as crianças, por exemplo, estão desenvolvendo algum problema cada vez mais cedo”, afirmou o vereador Renato.

A senhora Joana da Conceição, de 59 anos, estava há quase dois anos na fila de espera e finalmente conseguiu uma consulta. Ela agradeceu pela oportunidade de fazer o exame. “Não demorei cinco minutos na fila, o atendimento foi rápido e eficaz. Passei pela triagem na semana passada, e hoje já consegui fazer a consulta”. Para realização do mutirão a Câmara Municipal disponibilizou 4 gabinetes que serviram de consultórios nesses dois dias de atendimentos. (ASCOM)

Log in or Sign up