cara970x250
PT homologa as candidaturas de João Bosco e Eujácio Dantas em Teixeira de Freitas

Por Athylla Borborema

A convenção do Partido dos Trabalhadores que se realizou no final da tarde desta quarta-feira (16/09), no auditório do CEPROG - Colégio Estadual Professor Rômulo Galvão, no bairro Monte Castelo, em Teixeira de Freitas, homologou o nome do médico e ex-prefeito João Bosco Felix Bittencourt e do administrador de empresas e ex-secretário municipal de saúde Eujácio Dantas, para candidatos a prefeito e vice respectivamente.

O evento contou com um grande número de lideranças políticas da cidade e da região, além de militantes do PT e simpatizantes da candidatura de João Bosco. O PT homologou uma chapa puro sangue, mas a coligação majoritária reúne ainda os partidos PSOL, PSD, PV e MDB, que se denomina de coligação “Teixeira vai sorrir de novo!”. A convenção consolida a candidatura de mais uma chapa para o processo eleitoral de 2020, que reúne os movimentos sociais e a sociedade simpatizante da esquerda em torno de dois nomes importantes e de relevantes e grandes serviços prestados à população de Teixeira de Freitas.

Em seu discurso Eujácio Dantas disse que o convite foi fruto da confiança e de todo um trabalho que desempenhou em favor do município ao longo dos anos. “Essa oportunidade para mim é de muita felicidade. Tenho uma relação bem próxima com João Bosco, desde que trabalhamos juntos na Unimed, e fiz parte da sua administração, na época eu rejeitei, ele insistiu, eu não me imaginava na área pública, depois aceitei ir para a secretária de administração, onde fiquei até agosto de 2013, e quando surgiu a oportunidade, fui convocado para a secretária de saúde”, lembrou.

E acrescentou: “Tive um enorme desafio que era equilibrar as contas da saúde e conseguimos. Na época Teixeira tinha uma receita para média e alta complexidade de R$ 2,7 milhões, era o dinheiro para manter o Hospital Municipal e a UMMI e esses exames para tratamentos de alta complexidade. Nós entregamos para a atual gestão com R$ 5 milhões, houve um incremento de R$ 2,3 milhões, além de termos feito a maior gestão de saúde pública da história do município”, disse Eujácio Dantas.

Na sua fala o ex-prefeito João Bosco descreveu vários pontos da sua trajetória política e disse que ele será o candidato com o maior conforto das próximas eleições para pedir o voto do teixeirense, porque foi o gestor que mais construiu e que mais cuidou da sua gente na história de Teixeira de Freitas. Se disse vítima de um processo desigual e sem as garantias dos seus direitos de defesa ao ter sido prejudicado na votação das suas contas públicas na Câmara Municipal e, considerou que não foi um julgamento com retidão, foi um julgamento meramente político.

“Nosso propósito é voltar a administrar Teixeira de Freitas para que a nossa gente volte a sorrir de novo. Quando fomos prefeitos, nós construímos e realizamos em todos os setores e promovemos uma saúde pública nunca vista, porque levamos saúde para todos os bairros e distritos em todos os sentidos, inclusive construímos o maior número de ESFs da história, saímos do aluguel e conquistamos sedes próprias, modernas e confortáveis para os nossos usuários, além da construção da UPA 24 Horas. Cabe agora Teixeira se unir com os mesmos ideais para fazermos uma composição inteligente, priorizando o bem de Teixeira e do cidadão”, salientou João Bosco.

Log in or Sign up