cara970x250
Bruno Reis tem 35% das intenções de voto em Salvador e pode vencer no 1º turno

Informações: A Tarde

Na corrida eleitoral pela prefeitura de Salvador, o candidato do DEM, Bruno Reis, lidera com 35%, enquanto seus principais adversários aparecem empatados tecnicamente, conforme a margem de erro de aproximadamente 3,5%, de acordo com levantamento A TARDE/Potencial Pesquisa, realizado entre os dias 16 e 22 de setembro.

A pesquisa foi a primeira realizada na cidade de Salvador após o período das convenções partidárias, nas quais foram oficializadas as candidaturas à prefeitura.

Sargento Isidório (Avante) e Olívia Santana (PCdoB) têm 10% cada, enquanto a Major Denice (PT) aparece com 7%, seguida por Bacelar (Podemos) e Hilton Coelho – cada um deles com 3%. Fecham a lista Cezar Leite (PRTB), com 2%, e Celso Cotrim (PROS), com 1%, enquanto Rodrigo Pereira (PCO) não pontuou. Entre os 800 entrevistados, 15% disseram não saber em quem votar e 1% não quis responder. Brancos e nulos somaram 13%.

Excluídos votos brancos e nulos, o vice-prefeito tem 40% das intenções de voto. Com tais números na largada da corrida eleitoral, aliados ao fato de Bruno ter a menor rejeição entre os postulantes, há possibilidade de a eleição na capital baiana ser resolvida no primeiro turno, afirma Zeca Martins, diretor da Potencial Pesquisa.

A missão, entretanto, não é simples, acrescenta. “Ele tem que pegar 2/3 dos indecisos, o que não é fácil, porque temos muitos outros candidatos. Mas ele tem chance. Acho que ele vai trabalhar para isso [vencer no primeiro turno], porque no segundo turno a coisa pode apertar um pouquinho”, avalia Martins.

Espontânea

Na pesquisa espontânea, quando não são listadas as opções, 44% dos entrevistados afirmaram ainda não ter candidato. Neste cenário, o vice-prefeito tem 21% das intenções de voto. Isidório aparece com 6%, e o prefeito ACM Neto (DEM), apoiador da candidatura de Bruno, foi mencionado por 5% das pessoas ouvidas. Olívia e Denice têm 4%, cada uma. A deputada federal Lídice da Mata (PSB), que retirou sua candidatura na última semana para apoiar a major, ainda pontuou com 2%. Cezar, Bacelar, Hilton e Cotrim aparecem com 1%, cada um.

Log in or Sign up