Nova Viçosa, Guaratinga e Eunápolis serão municípios governados por mulheres na região a partir de 2021

Por Athylla Borborema

Apenas três dentre os 21 municípios da região extremo sul da Bahia serão governados por mulheres a partir de 1º de janeiro de 2021. Nova Viçosa elegeu a empresária Luciana Sousa Machado Rodrigues (PP) que venceu as eleições para prefeita de Nova Viçosa com 11.222 votos (49,31%), com uma diferença de 1.405 votos do seu principal oponente Rogério Benjamim. Luciana Machado, de 43 anos, é a esposa do deputado estadual Carlos Robson Rodrigues da Silva, o “Robinho” (PP) que está em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa, mas já foi prefeito de Nova Viçosa por duas vezes.

O outro município é Guaratinga que a sucessão será de uma mulher a partir de 1º de janeiro de 2021. A dona de casa Marlene Dantas Martins (DEM) que foi eleita com 5.330 votos (46,16%) gerenciará os destinos do município nos próximos 4 anos. Marlene Dantas, de 60 anos, disputou o pleito eleitoral com outros 4 candidatos a prefeito. O seu principal opositor foi o candidato Rafael Gandhi Marques das Virgens (PT) que obteve 4.526 votos (39,20%), uma diferença de 804 votos.

Em Eunápolis, um dos maiores municípios da região, Cordélia Torres (DEM), desbancou o atual prefeito Robério Oliveira (PSD), e assume os comando do município a partir de 1º de janeiro de 2021, para ficar à frente do Executivo pelos próximos quatro anos.

Log in or Sign up