Empresário Hélio Sat morre em decorrência da Covid-19 em Itamaraju

Da redação TH

Morreu na noite deste sábado, 17 de abril, por causa de complicações da Covid-19, o empresário e servidor público municipal, Hélio Ferreira da Silva, mais conhecido como Hélio Sat, uma das pessoas mais conhecidas e queridas em Itamaraju.

O empresário do setor de antenas e componentes eletrônicos, começou a destacar-se na década de 1970, atuando ao lado do comerciante Rui Barros (em memória), que juntos conseguiram instalar uma repetidora de sinal de tv no topo da Serra Grande, aumentando o número de canais de televisão no município e depois com o seu próprio negócio.

Hélio Sat sempre se envolveu com as causas sociais em Itamaraju, foi presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e um dos fundadores da Associação Comunitária Alternativa, entidade que detém a concessão de uma emissora de rádio na cidade. Hélio havia ficado viúvo há cinco anos, com a morte de Marinélia Dias, sua fiel escudeira da vida e na luta em defesa do meio ambiente, com quem teve um filho.

“Era uma pessoa de conduta social ilibada, um homem inteligente, muito educado no trato com os semelhantes. Um ser humano bom e admirado pelos itamarajuenses. Nos últimos anos, esteve à frente do Setor de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Itamaraju, onde vinha desempenhando as atribuições do cargo público com muita responsabilidade”, escreveu em suas redes sociais o capitão Sidney Oliveira.

“Infelizmente ‘Hélio Sat’ foi mais uma pessoa querida da nossa cidade que teve a vida abreviada em decorrência da Covid-19, vindo a falecer nesta noite depois de vários dias internado lutando pela sobrevivência. Siga em paz, grande Hélio, consciente de que cumpriu muito bem a sua missão terrena e levando consigo a gratidão dos itamarajuenses. Deus conforte os seus familiares!”, finalizou.

Log in or Sign up